Escultura de parede, busto imagem sacra da “Sagrada Família”, em gesso maciço sobre aparador de madeira.

Ocorrências:
A escultura acumulava sujeiras, como poeiras, sedimentos de insetos, gorduras.
Sinistros, ocasionados por acidentes em manipulação e transporte, com descolamento de tinta nas figuras e desgaste do gesso, alguns trechos perderam a característica original (nariz da Nossa Senhora por exemplo).
Pintura manchada ou descorada em diversos pontos, parte da pintura apresentavam gretadura.
A folha de madeira do aparador estava desidratada e começava a empenar. Dois pequenos sinistros foram identificados.

Tratamento:
Com a perda de partes da imagem e sem documentação fotográfica disponível para referência, a reconstrução e parte da pintura se caracterizaram por reforma.
A imagem foi removida do aparador, e os objetos encontrados reservados para entrega a contratante.
Limpeza química da imagem e aparador.
Preenchimento nas falhas e reconstrução de partes ausentes.
Aplicação de adesivo transparente para fixação dos trechos de pintura que ainda apresentavam integridade. Repinte das áreas restauradas e das reconstruídas.
Para o acabamento foram pulverizado vernizes.

Aparador:
O restante do verniz foi removido da folha frontal em madeira do aparador,  um enxerto foi executado nos dois pequenos sinistros, e para o acabamento verniz imbuia foi aplicado.

 

 

 

 

Leave a Reply